Sindicato dos Aeroviários no Estado de São Paulo
Quinta, 09 de Fevereiro de 2023

Bagagem extraviada: Conheça as causas e saiba como evitar

29/11/2022

travel-gb3e61f201_1280-675x450

Não há dúvidas que o extravio de bagagem seja um enorme problema para qualquer pessoa. São milhares os que já ouviram esses relatos e inúmeros aqueles que enfrentaram esta situação. Isso ocorre pelo elevado volume de passageiros e bagagens que circulam através dos aeroportos de todo o mundo. Estima-se que 8,8 bagagens são extraviadas a cada mil passageiros em viagens internacionais. No âmbito nacional, os números apontam um extravio médio de 2,8 bagagens a cada mil passageiros. É fundamental entender as causas e as formas de se evitar o extravio.

Principais causas

  • Conexões: É a principal causa. Ocorre quando o passageiro precisa trocar de aeronave e acaba esquecendo sua mala.
  • Furto da bagagem: Ocorre especialmente nas áreas internas ou externas dos aeroportos, como também quando da disponibilização das bagagens na esteira de retirada.
  • Perda de identificação: Toda mala precisa ser identificada com informações sobre sua origem e destino. Havendo a perda desta etiqueta, a bagagem fica sem a devida identificação.
  • Engano: Ocorre quando há retirada equivocada de uma mala por um passageiro que se engana com a bagagem de um terceiro.
  • Falha da companhia aérea ou de empresa terceirizada: Esta situação ocorre no percurso existente entre o recebimento da mala pela empresa aérea, ainda no balcão de check-in, até o momento de disponibilizar a bagagem na esteira de retirada.

Analisadas estas principais ocorrências que ocasionam o extravio de bagagens, fica clara a existência de outras possibilidades que não caracterizem culpa das companhias aéreas. Por mais que se queira alegar que “a culpa é da companhia aérea”, as empresas não possuem nem mesmo poder para fiscalizar o trabalho dos funcionários dos aeroportos, mesmo assim, são demandadas como se fossem as causadoras dos extravios. 

Como evitar os extravios

Sabendo que não é possível o controle total desta situação, podemos pensar em algumas formas de precauções para se evitar o extravio de bagagem.

  • Planeje os voos: Sendo possível, evite conexões entre diferentes companhias aéreas ou que tenham tempo curto entre um voo e o outro. Sugere-se um mínimo de 1 hora de conexão para voos nacionais e de 2 horas, no mínimo, para voos internacionais.
  • Realize o check-in com tranquilidade: O check-in com antecedência é sempre a melhor opção, evitando que a bagagem seja despachada em cima da hora para a aeronave.
  • Confira as etiquetas de despacho: Antes de despachar sua bagagem, verifique se foram retiradas as etiquetas de voos anteriores, evitando que sejam despachadas para uma localidade diferente do seu atual voo. Não deixe de conferir a correção das informações da etiqueta que será usada para despachar a mala, incluindo o destino.
  • Identifique sua bagagem: Uma recomendação é a utilização de uma “etiqueta pessoal”, contendo informações com seu nome, endereço, telefone de contato e e-mail.
  • Personalize sua bagagem: Para evitar que outras pessoas se enganem e levem sua mala, a personalização é sempre indicada. Faça com que a sua mala seja única e se diferencie das demais. Use fitas ou lenços coloridos, tags personalizadas, ou qualquer meio que possibilite a correta identificação.
  • Conheça os procedimentos de retirada no aeroporto do seu destino: É recomendado conhecer os procedimentos para retirada da sua bagagem. Em países como os EUA, por exemplo, havendo a necessidade de uma conexão, é obrigatória a retirada das malas na cidade onde será feito o processo de imigração, para posterior novo despacho à cidade de destino.

Como forma de reduzir os problemas com as bagagens extraviadas, é aconselhável utilizar uma pequena bagagem de mão, contendo seus objetos mais valiosos, documentos pessoais, dinheiro, cartões de crédito, além dos produtos de primeira necessidade, incluindo um agasalho e uma troca de roupa. Aproveite o seu voo e a sua viagem.