Sindicato dos Aeroviários no Estado de São Paulo
Segunda, 18 de Outubro de 2021

Guarda Municipal resgata mulher em cárcere privado no Cará-Cará

07/10/2021

img_3870_2

Guarda Municipal resgata mulher em cárcere privado no Cará-Cará

por Josué Teixeira

A Guarda Civil Municipal (GCM), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), realizou o resgate de uma mulher e duas crianças em cárcere privado. A situação foi registrada nesta quarta-feira (06) e contou com a atuação da equipe de Operações com Cães da GCM.

De acordo com informações da SMCSP, a ação teve início após acionamento da equipe de Operações com Cães pela Central de Monitoramento para verificar uma denúncia de cárcere privado.

Munidos das informações, os agentes deslocaram até o endereço repassado, onde encontraram a vítima e duas crianças dentro da residência, que estava com o portão cadeado, sem a possibilidade de sair, uma vez que os muros tinham mais de 2 metros de altura e o suspeito havia levado a chave pertencente à vítima.

Indagada sobre a situação, a mulher confirmou o fato e afirmou que seu marido saiu para trabalhar e deixou o portão trancado. Ainda durante conversa com a vítima, ela afirmou que sofria violência verbal, fato constatado pela equipe da GCM por meio de um vídeo apresentado pela mulher.

Na sequência, autorizados pela vítima a romper o cadeado, os agentes procederam com a ação para libertá-la junto com as duas filhas pequenas – uma menina de 2 anos, que também seria agredida pelo indivíduo, e outra de 2 meses -.

Aos agentes, a vítima também relatou que o marido pegou o cartão com que ela recebe a pensão da filha mais velha contra a sua vontade, impossibilitando seu acesso ao dinheiro.

Diante dos fatos, a equipe deslocou até o local de trabalho do suspeito, sendo constatado que o mesmo estava em posse dos itens mencionados pela vítima.

Sendo assim, foi dada voz de prisão ao suspeito, orientado sobre seus direitos constitucionais e realizada sua condução à delegacia para as devidas providências.

Por fim, foi solicitado apoio a equipe GAT Bravo GM para condução da vítima à delegacia, onde também compareceu a mãe da vítima, que relatou que o homem também proibia a vítima de manter contato e de frequentar a casa de seus familiares.