Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

19/09/2018

American Airlines considera encerrar mudanças no bilhete

A American Airlines considera a possibilidade de impedir que os passageiros alterem os bilhetes aéreos não reembolsáveis, caso o congresso dos Estados Unidos limite o que as empresas podem cobrar pelos ajustes, segundo o presidente executivo Doug Parker, na última terça-feira. As informações da Bloomberg.

"Esse bilhete não reembolsável é valioso para nós. Sabíamos que o assento seria preenchido. Isso nos permitiu vender o resto dos assentos, tendo em mente que teríamos um voo completo”, afirma Parker.

Atualmente, as transportadoras consideram a capacidade de alterar um tíquete não reembolsável como um serviço que carrega um custo, que pode chegar a US$ 200.

A decisão pelas mudanças nos ingressos é apoiada pelos grupos de consumidores como uma disposição bipartidária. Trata-se de um projeto de lei de política de aviação patrocinado pelo senador republicano John Thune, de Dakota do Sul, presidente do Comitê de Comércio, Ciência e Transporte.

Embora grande parte do projeto de lei tenha sido acordado por ambas as partes, ele ainda não foi aprovado pelo comitê enquanto outras questões são discutidas.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678