Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

06/04/2018

Iata garante segurança de pets através de certificado

As companhias certificadas seguem as regras padronizadas no manuseio do animal

Viajar de avião e levar o pet? Essa questão costumava assustar muitos viajantes que temiam pela segurança de seus animais de estimação durante o voo, mas não é mais necessária. A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) acaba de lançar um programa de certificação global para melhorar o bem-estar dos animais transportados em aeronaves. Agora, todos os passageiros interessados podem solicitar uma lista de companhias aéreas certificadas pelo Centro de Excelência para Validadores Independentes para a Logística de Animais Vivos (CEIV) com os mais altos padrões no transporte de animais vivos. 

A tarefa pode ser um desafio. Cada tipo de animal tem seus requisitos específicos, não se limitando ao físico, e é fundamental levar em consideração a resposta emocional dos mesmos quando colocados em um ambiente especial. Estes foram pré-requisitos para o desenvolvimento do programa CEIV Live Animals, que é baseado no Iata Live Animals Regulations (LAR), o padrão mundial para o transporte de animais por via aérea.

"Os donos de animais dependem das companhias aéreas para transportar suas cargas preciosas, e, como indústria, temos o dever de assegurar um serviço de qualidade em todo o mundo", declarou o vice-presidente Sênior de Aeroporto, Passageiros, Carga e Segurança da Iata, Nick Careen. A empresa apoia através da disponibilização de profissionais especializados, incluindo veterinários, especialistas em bem-estar animal, bem como agências governamentais envolvidas na regulamentação do transporte de animais.
 

O CEIV ainda auxilia o controle do conteúdo vivo transportado pelas companhias
O CEIV ainda auxilia o controle do conteúdo vivo transportado pelas companhias

PILOTO
Entender as complexas necessidades das partes envolvidas no manuseio e transporte de animais por via aérea também foi fundamental no desenvolvimento do programa. O Centro de Recepção de Animais de Heathrow, em Londres (HARC) e a Air Canada Cargo desempenharam um papel fundamental no auxílio ao piloto do programa CEIV Live Animal.

De acordo com o diretor Assistente de Saúde Portuária e Proteção Pública do HARC, Robert Quest, no ano passado cerca de 16 mil cães e gatos, 200 mil répteis e 28 milhões de peixes viajaram pelo aeroporto. O diretor defende que o programa CEIV Live Animals é essencial para garantir a segurança e o bem-estar desses animais.

ESPÉCIES AMEAÇADAS
A organização também assume um importante papel no controle do conteúdo vivo transportado nas companhias aéreas. O programa ajuda a garantir que qualquer bicho legitimamente comercializado siga os padrões da Iata e os requisitos da CITES. "Com isso, podemos implementar com mais eficiência tais requisitos, identificando e combatendo o comércio ilegal de animais selvagens”, disse o secretário Geral da CITES, John E Scanlon.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678