Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

16/03/2018

Retaliação brasileira aos EUA pode envolver “Céus Abertos” e afetar Azul e Gol

© Reuters.  Retaliação brasileira aos EUA pode envolver “Céus Abertos” e afetar Azul e Gol

Investing.com - O governo brasileiro estuda como possível medida para retaliar os Estados Unidos no caso da tarifa de importação do aço e do alumínio adiar a sanção do Programa Céus Abertos, que acaba com o limite de voos entre os dois países.

O acordo havia sido assinado em 2011, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, mas para ter validade precisava ser aprovado pelo Congresso Nacional. No fim de dezembro, o texto foi aprovado pela Câmara, com o Senado confirmando a decisão agora em março.

A decisão pode afetar diretamente as companhias aéreas brasileiras Gol (SA: GOLL4) e Azul (SA:AZUL4). Na semana passada, David Neeleman, presidente da Azul, afirmou que próximo passo após a sanção é se reunir com parceiros e conversar sobre joint venture. A Azul tem parceria com a United Airlines e, segundo o executivo, uma joint venture tem potencial para sinergias.

Além de eliminar os limites do número de voos entre Brasil e Estados Unidos, o tratado é requisito para o Departamento de Transportes dos EUA aprovar um acordo comercial comum entre a American Airlines e a Latam Airlines para expandir seu tráfego na região.

Apesar dos riscos, as ações das duas companhias listas na B3 não sofrearam grandes variações nos últimos dias, com a Azul operando em queda de 0,22% a R$ 37,10 e a Gol avançando 0,23% a R$ 21,67.

Com Reuters.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678