Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

11/01/2018

Aeroportos do Rio de Janeiro sobem em ranking de pontualidade internacional

E quem disse que o carioca não consegue andar na hora? O Relatório de Pontualidade internacional, organizado pela consultoria inglesa OAG, mostra que, dos dez aeroportos brasileiros que aparecem no ranking, os únicos que apresentaram melhora ao longo de 2017 em comparação com o relatório de 2016 foram os do Rio de Janeiro. Enquanto o Santos Dumont subiu da 14ª para a 6ª posição entre os 20 aeroportos médios mais pontuais, o Galeão pulou do 15º lugar para ocupar o quinto entre os grandes estabelecimentos com mais voos que decolam no horário.

Os rankings dos aeroportos (pequenos, médios, grandes, muito grandes e megas) foram realizado com base em 57 milhões registros de voos feitos em 2017. Para considerar os voos “pontuais”, a empresa dá uma tolerância máxima de 14 minutos e 59 segundos de atraso para as decolagem ou aterrissagem.

Fora do Rio, sete dos aeroportos caíram de colocação no ranking. Em São Paulo, o aeroporto de Viracopos, em Campinas, apareceu pela primeira vez na lista. Já o de Guarulhos, que chegou a ocupar a segunda posição entre os grandes em 2016, caiu para a 11ª no ano passado. O índice de pontualidade do terminal paulista caiu de 85,28% para 79,7%.

No ranking da América Latina, a Azul ocupou o segundo lugar com 84,14% do índice, perdendo somente para a aérea panamenha Copa Airlines – 86,39%. Em quinto, aparece a Gol com 81,73%, seguida de Avianca, com 81,44% e Latam, de 79,39% – o índice da Latam engloba as subsidiárias de todos os países no qual a empresa atua, como Chile, Argentina e Peru.

A consultoria avaliou somente as companhias aéreas com mais de 30 mil voos por ano, e aeroportos com embarque de mais de 2,5 milhões de passageiros em 2017.

Aeroportos grandes

Dos brasileiros na categoria de aeroportos grandes, o terminal melhor classificado é o de Brasília – mesmo com a queda de 87% para 84,5% no índice de pontualidade. O aeroporto ocupa a quarta posição, atrás de Osaka, no Japão, com 88,4% dos voos decolando dentro do horário previsto; Salt Lake City, nos EUA, com 86%; e Sapporo, também no Japão, com 84,7%.

Em seguida, o Galeão ocupa a quinta posição, com 84,2% e, São Paulo fica em 8º lugar, com o índice de 82,3% de Congonhas.

Aeroportos médios

Apesar da piora significativa no índice de pontualidade – de 88,4% para 84,9% –, o aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), se manteve na quarta posição mundial, graças à queda do ranking de maneira geral. Com 84,3%, o Santos Dumont ficou em sexto, e o terminal de Viracopos, em Campinas estreou em 12º, com 83,1%.

Aeroportos pequenos

Os três terminais presentes na categoria caíram de posição no ranking, cujo troféu de primeiro lugar ficou com Tenerife North, nas Ilhas Canárias. Curitiba (PR) caiu da 9ª para a 14ª posição, com 84,6% de seus voos saindo no horário; Recife (PE) caiu da 15ª para a 17ª, com 84,6%; Porto Alegre (RS) despencou da 11ª para a 20ª com 83,4%; e Salvador, que chegou a ocupar a 19ª em 2016, saiu do ranking.

 

 

 

 

 

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678