Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

13/09/2017

Hotéis aderem a projeto contra a crise do Rio

Diante dos ociosos quartos construídos para atender à demanda da Copa do Mundo e da Olimpíada, os hotéis decidiram se unir à campanha “Rio de Janeiro a Janeiro”, calendário de eventos que promete deixar a cidade cheia o ano todo. A ideia é, pelo turismo, virar a página da crise. O projeto foi apresentado ontem a representantes das principais cadeias hoteleiras. No encontro, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, deixou claro que a hotelaria tem de fazer a sua parte para o projeto atrair 20% a mais de visitantes. Ou seja, oferecer sem custo quartos para artistas internacionais, não aumentar os preços das diárias durante grandes eventos e aproveitar ocasiões de festa para fazer promoções casadas.

— Queremos engajar todo o setor de turismo. Vamos buscar parcerias com companhias aéreas e agências de turismo — anunciou.

O projeto, ainda em elaboração, já listou cerca de 150 eventos, sendo pelo menos um âncora por mês. O lançamento será em 24 de setembro, último dia do Rock in Rio. O primeiro evento do calendário, segundo o empresário Roberto Medina, presidente do RiR será o réveillon:

— Será o melhor que o Rio já teve — prometeu.

O “Rio de Janeiro a Janeiro” terá eventos de música, esporte e moda. Chegará ainda às comunidades. Estão na programação o prêmio Favela Criativa e as Festas Literárias da Periferia. “Vamos promover ações que gerem emprego e renda, que afastem o jovem do enorme poder de atração do tráfico”, diz um vídeo de apresentação do programa.

Para ser incluído no calendário, o evento precisa receber o selo da FGV, que mede os impactos econômico para a cidade. Um aumento de 20% de turistas (mais 1,2 milhão no ano) representaria injeção de R$ 6,3 bilhões na economia carioca e mais 170 mil empregos por ano.

Medina — que concebeu o calendário com Boni, Ricardo Amaral e Paulo Protásio — lembrou que a segurança é importante para que os eventos aconteçam. Mas lembrou outro lado:

— Com o aumento do turismo, daremos uma injeção na economia, trazendo mais dinheiro para o estado investir em segurança.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678