Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

24/08/2017

Air New Zealand encara 'nova concorrência' e lucra em 2017

A Air New Zealand anunciou hoje lucro de US$ 527 milhões no ano fiscal de 2017, sem contar os impostos (US$ 382 milhões, incluindo tributos). Esse é o segundo maior resultado da história da companhia aérea, atrás apenas do ano fiscal anterior, quando foi de US$ 663 milhões no mesmo período. O relatório será fechado em 8 de setembro e o dividendo final será pago no dia 18 para os investidores.


“Este ano a Air New Zealand enfrentou um aumento sem precedentes do nível de concorrência de algumas das maiores companhias aéreas do mundo e, efetivamente, encarou o desafio”, comenta o CEO da companhia aérea, Christopher Luxon. “A maneira impressionante que a nossa equipe respondeu à nova concorrência e, ao mesmo tempo, alcançou comercial, cliente e excelência cultural, ajudou a entregar o nosso segundo lucro mais elevado de sempre”, comemora.

Internacionalmente, a estratégia da companhia aérea para entrar em mercados-chave com a ajuda de parceiros da aliança e planos de desenvolvimento de mercado ajudou a impulsionar a expansão.

No próximo ano, o crescimento do offshore da Air New Zealand incidirá sobre o mercado do Japão com a adição de Haneda, além do aumento de serviços durante a temporada de pico nas ilhas do Pacífico e do Norte e América do Sul.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678