Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

24/07/2017

Desvio de voos de Campina Grande para João Pessoa preocupa segmento turístico

Após a instalação de postos de combustíveis no Aeroporto Presidente João Suassuna, em Campina Grande, que mantiveram o interesse das companhias aéreas a manterem voos regulares, questões meteorológicas e o sistema de pouso por instrumentos (ILS) começam a ser foco de críticas e preocupação da comunidade aeroportuária local.

Nas últimas quinta e sexta-feira dois voos da Gol Linhas Inteligentes não pousaram em Campina Grande por conta do mau tempo. Os pilotos decidiram alterar a rota para o Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto/João Pessoa. No momento de aproximação dos aviões, estava chovendo muito, com nuvens baixas e pouca visibilidade.

Esse tipo de situação pode ser entendido como normal na aviação, mas pode colocar também o aeroporto de Campina Grande novamente em questão, pela proximidade dele com o equipamento de João Pessoa. O sistema ILS não teria solucionado as demandas, questionam algumas pessoas ligadas ao segmento à reportagem.

Atualmente, além da Gol, apenas a Azul Linhas Aéreas Brasileiras opera no João Suassuna. Recentemente, provocada pela reportagem, as diretorias da Latam Airlines e a Avianca não se mostraram muito interessadas em investir no aeroporto e a Gol já havia dado sinais de que estaria estudando a saída de seus voos quando da crise da falta de um posto para abastecer suas aeronaves.

 
 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678