Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

11/07/2017

1.300 passaportes deixam de ser emitidos por mês em João Pessoa

 

 1.300 passaportes deixam de ser emitidos por mês em João Pessoa

A emissão de passaportes no Brasil continua suspensa por insuficiência de orçamento federal. A Polícia Federal está agendando solicitações junto as autoridades do setor, mas não há previsão de entrega do documento para quem fez o pedido a partir do último dia 27 de junho. Existe um projeto de lei tramitando no Congresso que visa liberar R$ 102,4 milhões para a normalização do serviço, porém, até que ocorra a votação, milhares de brasileiros seguem sendo afetados diariamente, ou seja, não poderão viajar ao exterior.
De acordo com o delegado Rodrigo Carvalho da Polícia Federal, na Paraíba, aproximadamente 1.300 passaportes deixam de ser emitidos, por mês, em João Pessoa. Para que o serviço não seja suspenso por muito tempo, ele conta com a aprovação de projeto de lei que propõe a liberação de recursos do orçamento federal. “Esperamos que no mês de julho seja aprovado, mas isso depende da atuação dos parlamentares do Congresso Nacional. Acreditamos que a questão está sendo tratada como prioridade”, afirmou.
Para que as pessoas que queiram viajar ao exterior não tenham prejuízo, algumas companhias aéreas estão permitindo alterações na data de passagens sem cobrar multa. É o caso da Latam e da Gol. Em adiamentos de mais de 30 dias, podem ser cobradas diferenças de tarifas. Quem precisar recorrer a esse mecanismo deve entrar em contato com as companhias para saber como proceder nesses casos. Diante da preocupação de muitas pessoas que desejam viajar e ainda não emitiram o passaporte, Hellen Santos, gerente da agência de viagens Terramar, ressalta a importância de providenciá-lo antes de agendar uma viagem, tal providência pode evitar uma série de transtornos. “O procedimento correto é, quando for comprar a passagem, já ter em mãos a documentação necessária”, aconselhou ela. Para Jaciara Soares, gerente de contas e relacionamento da Clube Turismo, o planejamento de viagens com antecedência evitou que a agência sofresse impactos negativos com a suspensão da emissão de passaportes. “Geralmente as viagens são programadas algum tempo antes.”

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678