Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

06/07/2017

5 dicas para economizar em viagens de última hora

Viajar nas férias escolares de julho é o sonho de consumo de muitas famílias, mas nem sempre pode ser realizado. Apesar das inúmeras opções, o critério para a escolha do destino é basicamente se ele cabe no bolso - especialmente agora, nesse momento de arroxo da economia.

O site de turismo Kayak revelou que neste mês de julho, os destinos domésticos mais buscados estão no Nordeste: Fortaleza (CE), Salvador (BA) e Recife (PE). E um pacote de 10 dias para uma família de dois adultos e duas crianças, com passagem e hospedagem, está custando, em média, R$ 5 mil para Fortaleza, R$ 4 mil para Salvador e R$ 5,5 mil para Recife. 

Como já estamos em julho, quem não fez um planejamento nos últimos meses para viajar, e não vai resistir à tentação, vai precisar fazer um esforço maior para que tudo caiba no bolso. Nós trouxemos algumas dicas que podem viabilizar essa viagem de última hora para que ela não custe mais caro. 

O importante é redobrar a atenção aos custos.

1) Faça uma ampla pesquisa dos preços das passagens

Assim que você escolher o destino, busque nos sites das companhias aéreas os dias que oferecem taxas mais baratas. Geralmente os voos durante a madrugada custam menos que os voos durante o horário comercial.

Se você tivesse mais tempo, poderia se cadastrar nesses sites para ser informado sobre as promoções relâmpago ou períodos de baixa temporada. Como o tempo é curto, seria importante ao menos dar uma olhada nos sites que fazem comparação de preços das passagens entre as várias companhias. 

Se for viajar de carro, veja a possibilidade de dividir a gasolina com algum conhecido, se o carro não estiver lotado. 

2) Lembre-se do cartão de crédito

Ele nem sempre é vilão. Nesse caso, se você tem pontos que podem ser transformados em milhas, esse é o momento de tentar usá-los. Muita gente tem essa vantagem, mas não sabe que tem. Há cartões que oferecem outras opções para gastar esses pontos, como hospedagens e locação de veículos, por exemplo, que podem ser uma mão na roda. 

3) Hospedagem promocional

Se você vai viajar com os filhos pequenos, tente encontrar um hotel que dê hospedagem gratuita para crianças no mesmo quarto dos pais. 

4) Cuidado com os pacotes 

Os pacotes já prontos oferecidos pelas empresas de turismo são excelentes porque poupam tempo e são organizados para dinamizar a viagem, mas isso não quer dizer que sejam mais baratos. Por isso, é bom dar uma olhada em preços individuais ou cortar alguns itens, alguns passeios. Você pode fazer seu próprio roteiro.

5) Estipule uma meta de economia

Não é porque você vai viajar de última hora que não vai pensar bem nos gastos. Evite comprar por impulso desde agora, se estiver precisando de uma mala, veja se alguém pode emprestar. Nessa hora, os amigos sempre ajudam. Trace uma meta de gastos para cada dia da viagem - por exemplo, R$ 200 por dia, no máximo. Então você já sabe que se vai passar 5 dias, vai precisar ter esses R$ 1 mil disponíveis. 

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678