Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

07/11/2013

Conheça as companhias aéreas de baixo custo que operam na Europa

Saiba como funcionam as “low cost” europeias e os cuidados que todo viajante deve ter antes de emitir o bilhete

O interesse dos brasileiros em viajar pela Europa é uma tendência que vem aumentando nos últimos anos. Uma pesquisa do site  TripAdvisor, um dos principais sites de viagens do mundo, identificou que nos próximos dois anos o velho continente será o principal destino dos brasileiros (78%), seguido da América do Norte (15%).

Uma opção barata para conhecer diversas cidades da Europa é viajar pelas companhias aéreas de baixo custo.

As “low cost”, como são conhecidas lá fora, oferecem passagens aéreas a tarifas mais baixas e em que certas comodidades são opcionais: o passageiro tem que pagar à parte as refeições de bordo, por exemplo.

A Atrápalo, agência online de viagens e lazer urbano, listou as principais companhias de baixo custo (veja a lista abaixo) que operam na Europa. Mas é preciso estar atento a alguns detalhes, já que a experiência de viajar “low-cost” é muito diferente do que estamos acostumados aqui no Brasil.

Por isto é bom ficar atento sobre os serviços oferecidos, taxas e as condições que cada companhia exige para não transformar sua viagem em uma enorme dor de cabeça.

Principais companhias “low-cost” da Europa

EasyJet: Referência em “low cost”, a empresa britânica opera praticamente na totalidade das capitais e principais aeroportos da Europa e do Norte da África. Um dos principais atrativos da, além dos preços baixos, é que também opera nos principais aeroportos, coisa que não acontece com a maioria.

Ryanair: Apesar de não se destacar pela qualidade do serviço e atendimento, segue se mantendo como empresa de “ultra low cost” mais usada pelos viajantes europeus e estrangeiros. A companhia irlandesa voa só em aeroportos secundários, porém tem rotas em praticamente toda a Europa e Norte da África.

Vueling: Tendo o aeroporto de Barcelona como base de suas operações, voa entre os principais destinos europeus. É uma companhia cada vez mais valorizada pelo serviço e opera
nos principais aeroportos. Também permite aos passageiros escolher a poltrona.

Norwegian Air: Considerada a melhor companhia de baixo custo europeia de 2013, a norueguesa é a quinta maior “low cost” da Europa. Com base de operações no aeroporto de Oslo-Gardermoen e Varsóvia, a companhia oferece voos entre as principais capitais do centro e do sul da Europa, além de ter aberto novas rotas para os Estados Unidos.

FlyNiki: Chamada de semi “low cost”, a empresa austríaca opera nos principais destinos da Europa e Oriente Médio a partir dos aeroportos de Viena, Salzburg, Graz e Linz. A FlyNiki oferece os mesmos serviços do que as companhias domésticas, como serviço de bordo e embarque de bagagens sem taxas extras.

Germanwings: A companhia alemã voa para 60 destinos na Europa e tem três tipos de tarifas: básica, “smart” e “best”. A básica permite apenas que seja levada uma bagagem de mão. Todos os outros serviços, como reserva de assento, bagagem de porão e serviço de bordo têm um custo extra. Na “smart”, além da bagagem de mão é permitido embarcar uma mala de porão com até 23 kg, reservar assento e também dá direito a um lanche. Na opção “best”, além de todos os serviços da tarifa “smart”, o passageiro tem acesso ao lounge da companhia e prioridade no embarque.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678