Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Espaço Mulher

22/08/2017

Mulher acusa médico de abuso sexual durante consulta em Montes Claros

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar denúncia de uma mulher, de 30 anos, que afirma ter sido abusada sexualmente por um médico ginecologista durante uma consulta em Montes Claros. O médico, de 41 anos, chegou a ser levado à delegacia na noite desta sexta-feira (18), mas foi ouvido e liberado, por falta de provas.

Denuciante e vítima foram levados ao IML para realização de exame de corpo de delito. O laudo inicial descarta que a mulher tenha mantido relação sexual recente.

Segundo a denúncia da mulher, o abuso ocorreu na manhã desta sexta-feira (18), quando a vítima foi ao consultório para um atendimento. Ela afirma que em determinado momento ficaram somente os dois em uma sala, quando o médico começou a acariciá-la e a praticar sexo oral. A mulher afirma que pediu para o ginecologista parar, mas ele insistiu na ação, chegando a praticar ato sexual forçado com a vítima.

No relato à Polícia Militar, a vítima alegou que alguns anos antes, o mesmo médico já havia tentado praticar os abusos. Após a denúncia à polícia, militares foram até a residência do ginecologista, que foi detido para esclarecimentos. Na delegacia, o médico alegou que a mulher é sua paciente há cinco anos e que não houve qualquer tipo de abuso.

Na manhã deste sábado (19), o advogado de defesa do médico, Éder de Oliveira Martins Junior, afirmou que seu cliente foi vítima de "um grande mal entendido". Ele disse que o médico esclareceu os fatos, prestou depoimento e foi liberado "dada a fragilidade da situação e inocorrência do fato".

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678