Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Espaço Mulher

24/02/2017

Combate à violência contra a mulher ganha reforço no carnaval

A Prefeitura do Recife e o governo do Estado estão reforçando o combate à violência contra a mulher durante o carnaval. Utilizando o humor e a cultura popular, a Secretaria da Mulher do Recife deu início a uma campanha de comunicação, lançando a segunda edição do "Pequeno Manual Prático de Como não ser um Babaca no Carnaval". Pelas redes sociais, quatorze diferentes mensagens fazem menção a músicas populares, expressões típicas do linguajar do recifense para reforçar o entendimento de que o Carnaval não é oportunidade de violar os direitos das mulheres.

Além disso, o serviço do "Liga, Mulher" (0800 .281.0107), o disque-orientação do Centro de Referência Clarice Lispector, também é reforçado como espaço para fazer denúncias e reclamações sobre violações aos direitos das mulheres, além de orientar sobre como acessar a Rede Especializada no Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência do Recife. O serviço funcionará no Carnaval em caráter de plantão, das 7h às 19h.

A Secretaria da Mulher do Recife estará presente ainda na Central da Mulher, com a equipe técnica do Centro de Referência Clarice Lispector para orientar e acolher mulheres em situação de violência doméstica e/ou sexista. A Central da Mulher fica na Central do Carnaval, na Rua do Observatório. Também seão distribuídos panfletos e materiais educativos, nos polos centralizados e descentralizados do carnaval, informando a rede de enfrentamento à violência de gênero no Recife.

Na esfera estadual, a Campanha Violência Contra a Mulher é Coisa de Outros Carnavais começa sábado, com Trio da SecMulher-PE, no Bloco do Galo da Madrugada e segue pela Região Metropolitana e interior. A Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE) estará em todos os municípios com ações integradas.

Durante o desfile do Galo, o Trio formado só por mulheres e animado pela Orquestra 100% Mulher vai distribuir materiais informativos. Do sábado de Zé Pereira até a Quarta-Feira de Cinzas, serão distribuídos 66 mil materiais, entre panfletos, leques, banners e spot para rádios, com telefones úteis para informações e denuncia no caso de violência. A campanha é uma ação do Governo do Estado através da Secretaria da Mulher de Pernambuco.

No sábado, a campanha também percorre as cidades de Olinda e Jaboatão (Região Metropolitana do Recife) e municípios do Agreste Central (Ibirajuba, Pesqueira, Lagoa dos Gatos, Bezerros, Bonito, Belo Jardim); Agreste Meridional (Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas, Brejão, Bom Conselho, Iati, Saloá, Paranatama, Terezinha, Correntes, etc.); Mata Norte (Glória do Goitá, Chã de Alegria, Paudalho, Carpina, Tracunhaém, Nazaré da Mata, Vicência, Aliança, Ferreiros, etc); Mata Sul (Ribeirão, Barreiros, Sirinhaém, São José, Pombos, Vitória, Rio Formoso, Cortês, etc.); Sertão Central (Salgueiro e Serrita); Sertão do São Francisco (Petrolina, Cabrobó, Afrânio, Santa Maria da Boa Vista, Lagoa Grande, Dormente e Orocó); Sertão do Itaparica (Itacuruba, Carnaubeira da Penha); Sertão do Moxotó (Arcoverde, Buíque, Manari e Custódia); Sertão do Pajeú (Ingazeira, Solidão, Iguaraci, Tabira, Afogados da Ingazeira, São José do Egito e Quixaba) e Sertão do Araripe (Araripe, Exú, Trindade, Araripina, Santa Cruz e Granito). A distribuição dos materiais conta com a parceria dos 180 organismos municipais de políticas públicas para as mulheres que representam as pernambucanas em cada cidade.

Durante todo o Carnaval, a Ouvidora da Mulher estará orientando todas as pessoas sobre o que fazer em caso de violência doméstica e de gênero, bem como outros assuntos relacionados às mulheres. Em caso de violência, é importante denunciar porque esta atitude pode salvar vidas. Através do número 0800-281-8187, qualquer pessoa pode fazer a denúncia seja por telefone fixo ou celular, gratuitamente. O número está disponível 24 horas por dia, inclusive domingos e feriados. 

As pessoas também têm acesso à rede de enfrentamento da violência doméstica e de gênero do Estado de Pernambuco. Em Recife, estará funcionando durante os dias de folia, o Centro Especializado de Atendimento à Mulher Clarice Lispector e em Olinda, o Centro Especializado de Atendimento à Mulher Márcia Dangremon e Centro Especializado da Mulher Dona Amarina, em Ipojuca. As mulheres podem registrar os Boletins de Ocorrência nas 10 delegacias especializadas da mulher e também nas delegacias comuns.

Confira os serviços de atendimento às mulheres com anticoncepção de emergência nas unidades de Saúde dos Municípios Pólos do Carnaval:
Bezerros - Unidade Mista São José (no centro da cidade); 
Arcoverde - Centro de Saúde da Mulher (bairro de São Cristóvão);
Triunfo - Unidade Mista Felinto Wanderley (centro da cidade);
Nazaré da Mata - Gerência de Atenção à Saúde da Mulher
Pesqueira - a Gerência de Atenção à Saúde da Mulher

Confira as referências 24 horas para Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência Sexual por Gerência Regional de Saúde (GERES):

I GERES: Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (CISAM) [UTF-8?]– Recife; Serviço de Apoio à Mulher Wilma Lessa (Hospital Agamenon Magalhães) - Recife;
Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP) - Recife; Centro de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sony Santos (Hospital da Mulher do Recife) - Recife; 
Maternidade Arnaldo Marques - Recife; Policlínica Agamenon Magalhães - Recife;
Maternidade Bandeira Filho - Recife; Unidade Mista Professor Barros Lima - Recife.
IV GERES: Hospital Jesus Nazareno - Caruaru.
VII GERES: Hospital Regional Inácio de Sá - Salgueiro.
VIII GERES: Hospital Dom Malan - Petrolina.
XI GERES: Hospital Professor Agamenon Magalhães - Serra Talhada.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678