Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Espaço Mulher

24/05/2016

Jovem de 14 anos morre de raiva humana 13 dias após ser internado

O adolescente de 14 anos diagnosticado com raiva humana, internado desde o dia 11 de maio na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do HGR (Hospital Geral de Roraima), morreu na manhã desta segunda-feira (23) na unidade hospitalar. A informação foi confirmada pela Secretaria de Comunicação do Governo do Estado. 

O paciente estava em coma induzido, recebendo medicamentos antivirais e sendo acompanhado por uma equipe médica de Roraima, com auxílio de médicos de Pernambuco e Estados Unidos, onde ocorreram tratamentos já ministrados e houve sucesso.

O adolescente foi mordido por um gato e o exame sorológico confirmou a presença do vírus da raiva, com variante 3, transmitido por morcego. A confirmação veio a partir de um exame específico realizado pelo Instituto Pasteur, em São Paulo.

Toda a medicação indicada no tratamento foi fornecida pelo MS (Ministério da Saúde), sendo remédios não comercializados. 

Logo que se teve a confirmação, a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde), em parceria com o município, além de fornecer 28 mil doses de vacina antirrábica, e por meio da Aderr (Agência de Defesa Agropecuária), disponibilizou 15 médicos veterinários, além de veículos e combustível. O Estado aguarda mais 60 mil doses da vacina, que foram dispensadas pelo MS.

Sobre os primeiros atendimentos dispensados ao adolescente, a Sesau instaurou procedimento para apurar a conduta.

A família do jovem denunciou que pode ter havido erro medico durante o primeiro atendimento na Policlínica Cosme e Silva, e em razão disso ter agravado a situação do jovem, que só foi encaminhado ao Hospital Geral, após uma segunda visita à Policlínica. 

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678