Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Espaço Mulher

28/10/2015

Campanha eleva número de mulheres que fazem exames preventivos

A campanha de prevenção ao câncer de mama Outubro Rosa é reconhecido como ação de sucesso no país e faz com que uma das doenças mais temidas pelas mulheres, devido à sua alta frequência e sobretudo pelos seus efeitos psicológicos, que afetam a sexualidade e a própria imagem pessoal, possa ser diagnosticado precocemente. Em 2014, no Estado foram detectados 770 casos sendo 300 localizados na Capital e o número de mulheres que fazem os exames duplicaram após o surgimento deste campanha em 2006.

A cada 100 mil mulheres, a taxa de incidência pode chegar a 62 casos novos, segundo o oncologista Cezar Augusto Galhardo.

Segundo a gerente de Saúde da Mulher do Estado, Ilda Guimarães de Freitas é esperado 740 casos da doença em Mato Grosso do Sul. Ela destacou que o Mato Grosso do Sul está em quinto colocado no ranking de mortalidade no país de casos causados pelo câncer de mama, somente neste ano apresentou 160 casos até o momento.

"Devemos lembrar que a doença pode dar também em homens, mas a maioria acontece mesmo em mulheres por isto as campanhas focam que a elas realizem os exames preventivos a partir dos 40 anos e apresente aos médicos" destacou Ilda.

Ela ainda destacou que esta é uma doença moderna que pode ser ocasionada por diferentes fatores dentre eles o estresse, a correria do dia-a-dia dentre outros fatores como até hereditário.

Os sintomas do câncer de mama podem ser diagnosticado após apalpar a região em forma de círculos, quando os nódulos ou tumores no seio são localizados, acompanhado ou não de dor mamária. Eles também podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações ou um aspecto semelhante a casca de uma laranja. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.

História familiar é um importante fator de risco para o câncer de mama, especialmente se um ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmã) foram acometidas antes dos 50 anos de idade. Entretanto, o câncer de mama de caráter familiar corresponde a aproximadamente 10% do total de casos de cânceres de mama.

A Sociedade de Mastologia também recomenda que a ingestão regular de álcool, mesmo que em quantidade moderada, é identificada como fator de risco para o câncer de mama.

O aparecimento dos tumores são relativamente raros antes dos 35 anos de idade, mas acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente.

A jornalista Priscila Trauer, repórter e editora do Jornal da TVE (RTVE) viveu este drama aos 17 anos, mas superou e venceu a doença após diagnosticar precocemente e constatar que o tumor era benigno e não precisaria fazer tratamentos mais invasivos.

"Bom, hoje, graças a Deus o período de frequência ao mastologista é longo, a cada dois anos. Mas o auto exame é sempre periódico. Por isso, eu apoio a Campanha Outubro Rosa. Visto essa camisa a favor do cuidado da mulher. Cuide-se, e lembre-se que você pode mudar o seu destino com o diagnóstico precoce" contou Priscila que viveu o drama da doença em sua juventude.

Segundo o oncologista Cezar Augusto Galhardo, do Hospital do Câncer de Campo Grande Alfredo Abraão, a importância do Outubro Rosa para as mulheres, contando que antes da existência deste programa os números eram muitos elevados e a mulher não fazia os exames preventivos e que o diagnótico precoce leva a 95% de cura no estágio 1.

"De 2006 para cá os números das mulheres que se previnem e fazem mamografia duplicaram.Agente tenta levar  mamografia de diferentes formas como a carreta e o ônibus que levam até as mulheres que não tem tanto acesso aos exames, assim abrangendo um alto número de mulheres" explicou Cezar Augusto.

 

A campanha nacional de prevenção ao Câncer de Mama, realizada no mês de outubro apelidado de "outubro rosa", está na reta final e diversas palestras e programas de prevenção estão sendo realizados na Capital e no interior como é o caso do ônibus da Cassems que oferece os exames preventivos para as mulheres do interior do Estado. A Santa Casa oferecerá nesta quarta-feira (28) a palestra sobre o tratamento atual de prevenção ao Câncer de Mama que será apresentado pelo mastologista Victor Rosa Pires de Oliveira.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678