Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Espaço Mulher

14/08/2015

Economista de 26 anos é nomeada diretora do maior banco da Argentina

A economista María Delfina Rossi, de 26 anos, filha do ministro de Defesa e candidata derrotada ao parlamento Europeu por uma força política espanhola, foi nomeada diretora do Banco de la Nación da Argentina, de propriedade estatal e maior instituição financeira do país.

A nomeação da nova diretora, filha do ministro da Defesa argentino, Agustín Rossi, foi publicada nesta semana no Diário Oficial do país.

Nascida na cidade argentina de Rosário, Rossi se formou em Economia em Barcelona, onde viveu durante mais de uma década e teve uma ativa participação política.

Ano passado se candidatou a deputada europeia pela coalizão de esquerda Iniciativa por Catalunya Verds-Esquerra Unida i Alternativa (ICV-EUiA), mas não foi eleita.

"Feminista, ecologista e de esquerda. Nascida na Argentina, politizada em Barcelona", se define a nova diretora do La Nación em sua conta no Twitter.

 

O decreto com sua designação leva a assinatura da presidente argentina, Cristina Kirchner; do chefe de Gabinete, Aníbal Fernández; e do ministro de Economia, Axel Kicillof.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678