Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Espaço Mulher

26/02/2014

Governo lança campanha de prevenção à Aids e DSTs

O Ministério da Saúde lançou nesta terça-feira sua campanha de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e Aids. O slogan deste ano é "se tem festa, festaço ou festinha, tem que ter a camisinha". A campanha já vai valer para o ano inteiro e as peças publicitárias já incluem a Copa do Mundo. Para o primeiro trimestre de 2014 já foram distribuídos 104 milhões de preservativos. O ministério acredita que, até o final do ano, as unidades distribuídas irão superar os 610 milhões de 2013. A campanha tem o custo de R$ 15 milhões e envolve veiculação na TV, rádio, cartazes, internet, outdoor e frotas de ônibus.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, afirmou que o objetivo é estender a prevenção não apenas para um evento, que seria o carnaval, mas também para todo tipo de festa: que envolva apenas duas ou três pessoas ou milhares, caso também das festas de São João e do Mundial de futebol.

- É fundamental trabalhar a prevenção. Além da disponibilidade do preservativo é importante que se faça o teste rápido para obter o diagnóstico precoce - disse Chioro.

A campanha é dirigida ao público com idade entre 15 a 49 anos. Segundo o governo, cerca de 150 mil pessoas estão infectadas pelo vírus mas não têm conhecimento. No Brasil, hoje, 340 mil pessoas estão em tratamento.

- Se a pessoa sabe da infecção, ela já começa o tratamento imediatamente, melhorando sua qualidade de vida. Quanto mais cedo começa, a chance de transmissão se reduz muito - afirmou o Secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

O investimento este ano para combater a Aids e DSTs será de R$ 1,2 bilhão, sendo R$ 770 milhões em medicamentos.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678