Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Espaço Mulher

19/11/2013

Dilma diz estar satisfeita com libertação de bióloga brasileira na Rússia

A presidente Dilma Rousseff manifestou nesta terça-feira sua satisfação pela decisão da justiça russa de conceder a liberdade provisória à brasileira Ana Paula Maciel, uma das participantes do grupo de 30 ativistas do Greenpeace presos na a Rússia.

"Fiquei feliz com a notícia de que a bióloga brasileira Ana Paula Maciel possa, mediante fiança, responder em liberdade ao seu processo na justiça da Rússia. O @MREBRASIL (Itamaraty) está acompanhando com atenção o caso de Ana Paula", disse a presidente no Twitter.

Dilma já tinha ordenado ao ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, que realizasse gestões diplomáticas em favor da brasileira detida na Rússia. O chanceler está em sua primeira visita oficial a Moscou, onde se reunirá com o também ministro das Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov.

Apesar de a liberdade provisória ter sido concedida à ativista brasileira, ela ainda deverá permanecer no país até que o processo seja concluído. Ana Paula é bióloga, tem 31 anos e milita no Greenpeace desde 2006.

Os 30 ativistas do Greenpeace estão detidos em São Petersburgo. Desde 19 de setembro eles estão presos por conta de um protesto organizado contra a exploração do petróleo no oceano Ártico, a bordo do navio quebra-gelo "Arctic Sunrise". Os outros tripulantes da embarcação são de Estados Unidos, Rússia, Argentina, Reino Unido, Canadá, Itália, Ucrânia, Nova Zelândia, Holanda, Dinamarca, Austrália, República Tcheca, Polônia, Turquia, Finlândia, Suécia e França.

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678